APROVEI – Sweet Cake e o sonho de ceia de Natal

Texto e fotos: Gilberto Evangelista

08/12/17

Imagina que já é noite de Natal, tipo 22h do dia 24. A família e os amigos já estão chegando e os elogios não demoram a aparecer: “Uau! Razô na mesa, hein?! Quanta comida gostosa! Ai que entradinha delícia! Jesus, quero comer esses doces agora!”. Mas os elogios não param por aí, um pouco mais adiante, entre uma taça de espumante e uma castanha, o povo ainda está rasgando seda: “Nossa, você tá com uma cara tão descansada! Que perfume você tá usando? Um luxo hein!”. E como se já não bastasse, depois da meia-noite, chega uma terceira bateria de comentários positivos: “Meu Deus, que delícia! Me dá a receita? Quem fez essa torta, sua avó? Olha, amanhã meio-dia tô pintando por aqui. Tá?!”. Éeeee pessoal, isso não é sonho não, é a mais pura realidade, mas somente para aqueles que, ao invés de passar o dia todo na beira do fogão cozinhando, optarem pelo conforto de encomendar a ceia natalina na Sweet Cake. Pode acreditar, eu fui lá, provei e APROVEI tudooo! Nota 10!

Na verdade, quem tem o hábito de frequentar recepções, eventos sociais, casamentos e derivados pela cidade ou aqueles que já precisaram contratar serviços de buffet sabem, quando a Sweet Cake está presente, não tem erro, a garantia de comer delícias e mais delícias é certa. Claro, tem vários outros na cidade também e nem estou aqui para desmerecer ninguém. Mas devo admitir que tenho um carinho especial por essa empresa justamente porque se trata de uma família toda trabalhando junta. Primeiro o Celso Jabour com sua esposa Simone, depois as duas filhas, Gabi e Luiza, também entraram na dança, e só Guto que descambou pra outro lado e abriu a GB Vinhos, ou seja, tá tudo no mesmo saco.

E foi justamente essa pitada de tempero familiar que a imprensa gastronômica da cidade pode degustar na última quarta-feira, quando aconteceu o lançamento do Cardápio de Delícias – Festas de Fim de Ano na filial da Sweet Cake Asa Sul. Queridxs, prestem atenção! Tudo o que vocês podem ver nas fotos que fiz para esta matéria estava lá à disposição para degustação; mas eu preciso ressaltar que isso não é nem um décimo do quê é oferecido pela casa nesse serviço que, como eu venho tentando dizer desde o parágrafo acima, une profissionalismo com tradição de família em receitas e sabores sensacionais. Digo isso sem exceção, pois todos os pratos disponíveis tinham aquele sabor de comida feita pela avó, tia, madrinha ou quem quer que seja a craque do fogão na sua casa. Sério… vamos lá, item por item (…das coisas que eu comi, claro).

Começando pela quiche de alho poró: leve, suave, ideal para abrir a ceia com essa feliz mistura de ovos, queijo, creme de leite e o ingrediente principal, o alho poró. Detalhe, eu me servi ao mesmo tempo do salpicão, que neste caso é feito com frango defumado e pra quem gosta desse prato sabe, fazer com frango é uma coisa, mas defumado é outra completamente diferente. Além disso, o prato não estava muito molhado, ou seja, tinha pouca maionese e creme de leite. Só por isso, dava vontade de comer uns três pratos logo de uma vez de tão fantástico que estava, com maçãs, milho e as tradicionais passas (sem semente, amém!). O empadão de camarão e a salada de bacalhau, eu não comi já que não curto muito nem um, nem outro. Isso mesmo, mas ninguém é perfeito ou obrigado a gostar de tudo. O bom na vida é curtir seu livre-arbítrio, até na hora de comer, mas os coleguinhas à mesa estavam lambendo os lábios e de olhos fechados. Acho que isso deve já dar uma pista de como os pratos estavam. Não é mesmo?


Em contrapartida, eu comi (e fiquei com muita vontade de repetir), o Agnolotti de Espinafre com Queijo. Olha, vou dizer um negócio, eu queria ser o Popoye pra passar a vida todo comendo essa massa que, segundo a Chef Luiza Jabour nos explicou, foi feita de modo artesanal, seguindo a tradição italiana. Incrível como uma massa fresca ainda consegue ficar ao dente quando é cozida por quem sabe o que está fazendo. O molho de tomates frescos em cubinhos com o recheio feito metade queijo de búfala e metade minas meia-cura… Oh, my God! Um prato quente que é ao mesmo tempo refrescante e suculento.

Quando chegou a parte dos doces eu (que ainda estou de dieta, lembram?) pensei em deixar de lado. Mas a propaganda que a Luiza (Foto ao lado)fez da Torta da Nonna me deixou completamente desarmado e com a boca salivando. Meu bem, ela é um mix de bolo de chocolate, quindão, coco fresco (fresquíssimo mesmo) e doce de leite com ameixa (uma fruta que pra mim é sinônimo de festa de fim de ano). E se isso tudo já não fosse suficiente, ela ainda disse que é uma receita da avó dela, e que a danada da Senhorinha só faz o bolo no Natal, afinal, dá o maior trabalhão pra fazer uma maravilha dessas – motivo pelo qual limita também a produção na loja. Então, se você curtiu, corre para encomendar a sua. Ah! E como eu já tinha jogado para o ar todas as horas de academia das últimas semanas, decidi comer também uma rabanada, que junto com o expresso no final da experiência me fez ir de volta para o escritório flutuando. (Os bombons, o bolo malt de whisky e a mousse ninho com brownie, morango e Ovomaltine infelizmente, só ano que vem!

 

Pra finalizar, vale ressaltar que o cardápio não é exclusivo do Natal, mas para todas as festas de fim de ano: Ano Novo, Amigo Oculto, Confraternização da Firma, Casamento, whatever. Só que, independente para quando seja, eu sugiro que você leitor faça a encomenda o quanto antes, pois, no intuito de garantir a qualidade de seus serviços, a Sweet Cake vai aceitar pedidos somente até o dia 20 deste mês.

Essa não dá pra perder!

E para quem ler rápido aqui e encomendar até amanhã – sábado 09/12 – vai ganhar 10% para pagamento em dinheiro ou cartão de débito e 5% no cartão de crédito. Outra coisa bacana é que quem não quiser uma ceia completa, ou ficar indeciso sobre os pratos que deveria escolher, pode optar por três diferentes kits natalinos que são compostos cada um por entradinhas, pratos principais e sobremesas específicas e que saem por um valor fechado. O melhor: eles também estão com descontos superbacanas. E sobre os vinhos, falei pra Luiza cutucar o Guto e fazer sugestões de harmonização de vinhos com os pratos desse cardápio de delícias. Quem sabe quando você passar por lá, isso também já possa estar rolando… vai que! 😉
Quer encomendar?

SWEET CAKE LAGO SUL
QI 21, BLOCO C, Loja 24/36 – Telefone: 61 3366-3531

SWEET CAKE ASA SUL
CLS 412, BLOCO D, Loja 27 – Telefone: 61 3345-3531




Deixe uma resposta